Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
AS ARMADILHAS DA LÍNGUA PORTUGUESA EUROPEIA
Problemas com o idioma português causam confusão e constrangimento. Confira!
Carlos Rogério Lima da Mota

Resumo:
As diferenças linguísticas entre o português brasileiro e o europeu.

Apesar de Brasil e Portugal serem países amigos e falarem o mesmo idioma, não é raro cairmos nas armadilhas impostas pela semântica lexical. Durante estes 17 dias em que estou em Lisboa, Portugal, deparei-me com termos cujos significados variam de acordo com a região e/ ou com o modo como são enunciados.

Um exemplo clássico é o termo "facto" - que já não existe mais no vocabulário português brasileiro (pt-BR), que pode se referir a um acontecimento ou a um terno (roupa), caso se retire a consoante "c" . Este, aliás, é um dos motivos que fez com que a classe intelectual de Portugal criasse um abaixo-assinado on-line a fim de barrar no Parlamento a adoção do novo acordo ortográfico, conforme determinado outrora pela CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, o foro em que se reúnem os oito países falantes do português para definirem o futuro do respectivo idioma.

Ao se retirar o "c" de "facto" (fato), a palavra passaria a ter apenas um significado, provavelmente "acontecimento", como já ocorre no léxico tupiniquim. Mas o que parece simples aos nossos olhares, para o português de origem arcaica representa o empobrecimento da língua. E aí reside o entrave-mor do alardeado acordo. Todavia, enquanto os países não chegam a um consenso, vejamos outros exemplos relativos à diferenciação de significados.

Aqui, não se diz banheiro, mas casa de banho; criança é miúdo, puto é rapaz (inacreditável, não?), rapariga é moça direita (adjetive qualquer mulher do Brasil com este termo para ver o que lhe acontece), bébé é bebê, alguidar é bacia e biberon é mamadeira. Já sacola de plástico, daquelas usadas em supermercado, é saco; bolinha é pão francês, estufar é cozinhar, lume é fogo, levar ao lume é levar ao forno; ônibus é autocarro, rotunda é rotatória (via), comboio é trem metropolitano, metro é o metrô, deitar fora é desfazer-se de algo, e, pasmem, ao atender ao telefone eles não dizem os habituais "alô" ou "pronto", mas "tô" ou "tó", abreviações do verbo estar.

Não bastassem estas pérolas linguísticas, há também a tal da bicha, que aqui, como muitos no Brasil já sabem, é fila. Assim, quando uma fila tem muitos clientes, é comum vozearem "como a bicha está grande". Se esta moda pega...

*Original de Carlos Rogério Lima da Mota, enviado de Alvalade, Lisboa / Portugal.


Biografia:
Formado em Letras e em Educomunicação. Casado, 34 anos, 3 filhos. Colaborador de diversos órgãos midiáticos, sendo eles: YesMarília - (www.yesmarilia.com.br), parceiro da Globo.Com na cidade de Marília, interior de São Paulo, Jornal da Manhã de Marília e Revista Eletrônica Alô Ibiúna, de Ibiúna/SP. Pertence ao quadro de autores da Editora Virtual Usina de Letras (www.contosjuvenis.cjb.net), mantido pelo Sindicato de Escritores de Brasília, que conta, até o momento, com mais de 99 obras publicadas de sua autoria, em sua maioria, artigos e contos de suspense. Seu sonho é ser apenas FELIZ em vida, afinal, que autor consegue ser feliz ao ser incomodado o tempo todo por sua visão perspicaz e sensível de um mundo já torpe feito o atual? * Sites para os quais escreve: http://recantodasletras.uol.com.br/autores/carlosmota http://twitter.com/autorcarlosmota http://www.artigonal.com/find-articles.php?q=carlos+rogerio+lima+da+mota www.brasilwiki.com.br www.etextos.com.br www.contosjuvenis.cjb.net http://carlosmota.dihitt.com.br/ www.autores.com.br/carlosmota http://www.jornaldamanhamarilia.com.br/site/ver_noticia.aspx?CodNoticia=8298 http://www.diariodesorocaba.com.br/noticias/not.php?id=21168 http://www.talentos.wiki.br/post.php?id=14206 http://autorcarlosmota.blogs.sapo.pt http://contosjuvenis.weblog.com.pt/ http://literaturaperiferica.ning.com/profile/carlosmota
Número de vezes que este texto foi lido: 28788


Outros títulos do mesmo autor

Contos Redenção Carlos Rogério Lima da Mota
Crônicas Deus não existe! Carlos Rogério Lima da Mota
Crônicas Às moscas Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos Como construir leitores capazes de autoria? Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos A telenovela retrata o cotidiano Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos Colunista social português assassinado por suposto namorado Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos PORTUGAL À BEIRA DA BANCARROTA Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos AS ARMADILHAS DA LÍNGUA PORTUGUESA EUROPEIA Carlos Rogério Lima da Mota
Artigos Alunos de escola de Cotia lançam livro coletivo Carlos Rogério Lima da Mota
Romance "OBSESSÃO..." - CAPÍTULO II Carlos Rogério Lima da Mota

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 21.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69423 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55898 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 47596 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44619 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44279 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43904 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42888 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41791 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41531 Visitas
viramundo vai a frança - 41385 Visitas

Páginas: Próxima Última