Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Abraço
Gladyston costa

tragado por ti,
dama de ferro,
vi-me
aprisionado em seu
abraço,entregue
e subjugado.
E com o corpo
arranhado
pelos espinhos
ocultos ...ferido!
senti seu desejo
como peçonha.
Restou mergulhar
em sonho profundo
e deixar o doce veneno
curar a ferida.




Gladyston Costa


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 288


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Infarto Gladyston costa
Crônicas No trânsito, a cidade. Gladyston costa
Poesias Luz de vela Gladyston costa
Crônicas Segundos no farol e a vida Gladyston costa
Crônicas COVID 19, nem tão novo assim. Gladyston costa
Poesias A morte da velha rica Gladyston costa
Crônicas Desembarque pelo lado esquerdo do trem Gladyston costa
Crônicas O verme da razão Gladyston costa
Crônicas Insônia Gladyston costa
Poesias Gula capital Gladyston costa

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 48.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Amores! - 40516 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39913 Visitas
Lamento - FERNANDO 39693 Visitas
Desabafo - 39458 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 38559 Visitas
Faça alguém feliz - 37627 Visitas
Vivo com.. - 36837 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 36404 Visitas
eu sei quem sou - 35793 Visitas
MENINA - 35591 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última