Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Taxonomia do choro
Gladyston costa

Gladyston Costa
23 de junho ·
Taxonomia do choro

Dizem que as lágrimas
aliviam a alma dos chorosos.
Vêm do fundo dos olhos
e decoram o semblante.

Que lágrima faz isso ?
As causadas por cebola
pra essa lida não servem,
pois só tangenciam a superfície.

Servem as de paixão perdida
que gotejam sobre a cama
que já não é de dois.
Alguém partiu, foi embora.

As de saudade com certeza,
pois vem de longe, lá do fundo.
Dos portos e aeroportos,
das rodoviárias certamente.

As de velório saem obscuras,
cheias de medo do pecado.
Escorrem como cera de vela,
e se perdem no candelabro.

As de felicidade são espontâneas.
Não vem do choro, vem do riso.
É um paradoxo de verdade,
pois se tem choro há desalento.

As de neném vêm da barriga
ou talvez da assadura.
tem cheiro de talco
e de ternura.

A do valente é escondida,
ninguém vê, é desmentida.
Pode ser qualquer das lágrimas
desta quase taxonomia.

A mais ácida e volumosa,
não vem da alma vem da cozinha.
Investe contra a lâmina a cebola
e extrai lágrimas sem sentido.

Gladyston Costa


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 35031


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Infarto Gladyston costa
Crônicas No trânsito, a cidade. Gladyston costa
Poesias Luz de vela Gladyston costa
Crônicas Segundos no farol e a vida Gladyston costa
Crônicas COVID 19, nem tão novo assim. Gladyston costa
Poesias A morte da velha rica Gladyston costa
Crônicas Desembarque pelo lado esquerdo do trem Gladyston costa
Crônicas O verme da razão Gladyston costa
Crônicas Insônia Gladyston costa
Poesias Gula capital Gladyston costa

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 48.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
Os Festejos do Dia do Indio no Mês de Abril - FRANCISCO CARLOS DE AGUIAR NETO 35079 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 35076 Visitas
Faça alguém feliz - 35061 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35058 Visitas
Amores! - 35057 Visitas
O Movimento - Marco Mendes 35055 Visitas
Desabafo - 35055 Visitas
Me apaixonar foi - llorenamt 35054 Visitas
Céu Azul - Diego de Oliveira 35053 Visitas
sei quem sou? - 35052 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última