Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um restaurante NÃO recomendável
Gastronomia sem higiene
Adriano Peralta

Resumo:
um restaurante igual a tantos outros

“Joel, marido da Janete, comprou uma lanchonete que virou um restaurante, ao lado do Rio Brilhante. Por conta da diabete e do joelho lesado, largou o serviço pesado. Nessa mudança de vida, passou a servir comida, de domingo e feriado. O movimento é bastante, mas o lucro é faltante, pelo excesso do fiado. Pra não fechar a empresa, Joel reduziu a despesa, e a carne que era de boi, com a carestia se foi. Agora a receita caseira é galinha passada da idade, que perdeu a utilidade na granja do fim da cidade. A carne é um tanto dura, mas Joel acrescenta à mistura, espremido de laranja pura - que amolece a musculatura e facilita a fervura. Um freguês quebrou a dentadura e outro engasgou com a nervura. O risco compensa no preço e movimenta o endereço. O prato não é enxugado e o pano que limpa a mesa, com pouca delicadeza, é sujo e todo rasgado.   E tem o cheiro do toalete, que não incomoda a Janete, que usa o garfo da pia pra coçar a joanete. E assim o negócio vai indo. Uma hora vai aluindo e em outra vai fluindo. Tem gente que se revolta e volta, tem cliente que come e some. Aquilo que não mata o `home` e serve pra espantar a fome, não compromete o renome e a natureza descome. “


Biografia:
Escritor latino-americano
Número de vezes que este texto foi lido: 33905


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Escalada Adriano Peralta
Humor Casamento duradouro Adriano Peralta
Discursos Sobre SEITAS & INTELECTOS Adriano Peralta
Frases O Eleitor acredita em MENTIRAS sinceras Adriano Peralta
Poesias Paciência é uma flor rara, difícil de cultivar. Adriano Peralta
Frases Soberba Adriano Peralta
Frases Diferença entre o raciocínio masculino e o feminino Adriano Peralta
Poesias EITA ou VIXE respondem a qualquer pergunta Adriano Peralta
Poesias Homenagem a Tangará da Serra Adriano Peralta
Poesias Três coisas que desanimam a gente Adriano Peralta

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 38.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
LÍRIO - Alexsandre Soares de Lima 48027 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 47645 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 47337 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 47204 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 46673 Visitas
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 46149 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 45928 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 45708 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 45610 Visitas
Amanhã não saio fico em casa - Martinho do Rio 42501 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última