Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O Sapo
maria da graça almeida


O portão está aberto,
devagar, entrem quietos!

Coax, coax, coax, coax...

Ouço aqui um barulhinho,
será sapo ou sapinho?

O Sapo
maria da graça almeida

O sapo coaxa
na beira do rio.
O sapo com fome,
coitado, não dorme...

O sapo é modesto,
mas quer um tesouro,
tesouro pra sapo
é um grande besouro.

O sapo é guloso
e sempre quer mais.
Um outro besouro?
Assim é demais!

A gula não é fome,
ter gula é feio,
agora não dorme
de papo tão cheio!

Do livro:
A graça que o bicho tem
Editora Textonovo/SP


Biografia:
Maria da Graça Almeida Nascida em Pindorama- São Paulo. Escritora, poetisa, professora, pedagoga e formada em Educação Artística. Possui crônicas, cartas ou poemas, nos sites: • Editora Komedi • Recanto da poesia • Jornal de Poesia • Nave da Palavra • Boneca de Trapo • De amores e saudades • Officina do Pensamento • Poemar • Newsletter-Parque • Ciranda dos versos . Usina deletras...etc Autora de mais de vinte livros para crianças- ainda não publicados-. NOTA: Todos os textos da escritora, neste e em outros sites, publicados, possuem os documentos de registro dos órgãos de direito. Obras Físicas Publicadas - Espelho -Poesias Sem Mistério - A Graça que o bicho Tem- - Que traça sem graça - Mitos do folclore - A Menina da janela - O Cuco Maluco - O besouro doente Classificada em vários concursos literários, tem seus poemas nas coletâneas: • Ordem da Confraria dos Poetas • Ordem Sereníssima da Lira de Bronze • Antologia Poética 2000 • Concurso Talento Literário 2001 • Antologia diVersos • Poemas para crianças Convidada a participar de um manifesto, com o objetivo de registrar a solidariedade brasileira ao Timor Leste, teve publicado, no livro Timor Esperança, o poema: Juramento à Liberdade do Querer.
Número de vezes que este texto foi lido: 54716


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Precipitação maria da graça almeida
Poesias Jeito de sentir maria da graça almeida
Poesias Limites maria da graça almeida
Poesias Dentro de mim maria da graça almeida
Poesias Preciso dizer maria da graça almeida
Juvenil O sapo no buraco maria da graça almeida
Poesias O homem que cortou as minhas árvores maria da graça almeida
Poesias Convívio Virtual maria da graça almeida
Poesias Essência maria da graça almeida
Poesias Cabides humanos maria da graça almeida

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 14.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54959 Visitas
Amores! - 54847 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54831 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54826 Visitas
Desabafo - 54825 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54823 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54822 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54818 Visitas
A menina e o desenho - 54814 Visitas
Vivo com.. - 54812 Visitas

Páginas: Próxima Última