Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Nunca foi exagero
GABRIELLE BEZERRA DA SILVA

No começo
Ou melhor
Antes do começo
Já havia alerta
Mas o alerta era exagero
- Eles diziam

Foi...
Entre choros e palmas
Desesperança e ignorância
Tudo mudou
Para pior.

Ou melhor,
Foi piorando
É um processo gradativo
Lembre-se disso

Com cada fala e atitude
O medo vinha cada vez mais
E cada vez mais forte
Mas era apenas ''algo a parte''
''Quanto exagero!''

E o problema vai indo,
Acumulando...
Ato por ato
Mas cada ato
É apenas mais um ''mal interpretado''
''Exagero!''

E nos passados anteriores
Nem tão recentes assim
Questionamos como aconteceu
Enquanto o presente passa pelos nossos olhos.

Mas o presente
é apenas exagero.
-Eles ainda dizem que é.

Do que antes ficavam apenas nos livros
fatos a serem estudados
para sabermos e nos envergonharmos
Agora se repetem
Bem na nossa frente

Mas nunca foi exagero
Sempre soubemos
E seguimos
Cada vez mais preocupados
Nos perguntando
Onde isso tudo vai parar...




Gabrielle B.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 278


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Nunca foi exagero GABRIELLE BEZERRA DA SILVA


Publicações de número 1 até 1 de um total de 1.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Amores! - 40496 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39912 Visitas
Lamento - FERNANDO 39689 Visitas
Desabafo - 39440 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 38492 Visitas
Faça alguém feliz - 37614 Visitas
Vivo com.. - 36829 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 36403 Visitas
eu sei quem sou - 35778 Visitas
MENINA - 35578 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última