Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Abraço
Gladyston costa

tragado por ti,
dama de ferro,
vi-me
aprisionado em seu
abraço,entregue
e subjugado.
E com o corpo
arranhado
pelos espinhos
ocultos ...ferido!
senti seu desejo
como peçonha.
Restou mergulhar
em sonho profundo
e deixar o doce veneno
curar a ferida.




Gladyston Costa


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 33758


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Porco tem alma? Gladyston costa
Poesias LUA E CIDADE Gladyston costa
Poesias MINHA QUERIDA DAMA DA NOITE Gladyston costa
Poesias Sobre a noite e a ciência Gladyston costa
Poesias Flor de Arueira Gladyston costa
Poesias Paredes Gladyston costa
Poesias Acidez e Mariposas Gladyston costa
Poesias "Reluzente " Gladyston costa

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 41 até 48 de um total de 48.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Como faço para divulgar minha empresa? - Antonio 0 Visitas
SUBLIME AZUL - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
O hino nacional e o cachorro - Rodrigo Barcellos 0 Visitas
Brincando com as palavras - Rodrigo Barcellos 0 Visitas
Raskolnikov - Rodrigo Barcellos 0 Visitas
Abismos - Rodrigo Barcellos 0 Visitas
MÃOS A CULTIVAR CARINHO - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
ESTRUTURA - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
DUAS CRIANÇAS - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas
A CHUVA E A LEMBRANÇA - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior