Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O SONHO ACABOU
ALCENIR LATSCH

Resumo:
NA VIDA , QUANDO PERDEMOS A CAPACIDADE DE SONHAR,É PREFERÍVEL DEIXAR DE VIVER ,

O SONHO ACABOU
Nós nos conhecemos há alguns anos atrás
Foi em uma campina cheia de sol e com muitas flores,
Foi uma paixão a primeira vista, bastaram somente dois olhares se cruzando
Descobrimos ter idades próximas de 15 anos, descobrimos também,
Que éramos vizinhos bem próximos, e que dali por diante,
Um não sairia mais da vida do outro, começamos a nos ver diariamente,
A principio o máximo que conseguíamos era um aperto de mãos,
Depois fomos conversando sobre tudo, e nos descobrimos confidentes.
Não estávamos entendendo o sentimento que brotava de dentro de cada um de nós.
A principio, não falávamos sobre isso, com medo de quebrar o encanto.
Começamos a estar sempre juntos e um a confiar cada vez mais no outro.
Estudávamos no mesmo colégio, mas parecia que a turma não existia somente nós dois.
Um dia quando voltávamos sozinhos pela estrada deserta, te segurei pela mão e te abracei,
E com medo ,mas cheio de desejo te dei um beijo no rosto, você meio que sem graça
Devolveu-me o afago, me acariciando no rosto, te olhei nos olhos e vi que você sentia tudo o que eu também sentia.
Não resistindo mais os apelos do coração te beijei os lábios com doçura, foi um beijo que traduzia tudo o que ia dentro de nós.
Meio que anestesiados corremos cada um para o seu lado.
Dali para frente, todos os dias que voltávamos por aquelas estrada dávamos vazão ao nosso sentimento com abraço e beijos.
Era esse o nosso grande segredo, resolvemos não reparti-lo com ninguém.
Acreditem, passamos uns 6 meses nesse namoro fraterno.
Um dia já não agüentávamos mais e você me acariciou diferente e eu retribui, saímos da estrada e nos refugiamos em uma cachoeira completamente escondida.
Eu disse quero você inteiramente e você me disse vai ser agora seremos para sempre um do outro..
Daquele dia em diante todos os momentos que estávamos sozinhos nos entregávamos totalmente um nos braços do outro .
Eu me entreguei sem reservas a você e você se entregou a mim.
Já agora com 16 anos começamos a fazer planos para ficarmos juntos.
Falamos em comunicar o nosso namoro as nossas famílias, mas ficamos com receio e resolvemos aguardar uma oportunidade.
Quando tudo parecia estar se aquietando um dos meus irmãos nos viu na cachoeira e entendeu tudo o que acontecia.
Não adiantou pedir para que ele ficasse quieto, o fato foi parar na minha e na sua família, que irredutíveis não aceitaram. Aí terminava o nosso sonho e começava o nosso pesadelo.
Já não podíamos nos ver, nos trocaram de escola, e éramos vigiados o tempo todo.
Sabíamos que tanto eu como você estávamos definhando a cada dia.
Você começou a se tratar com um psicólogo, pois apresentava um quadro depressivo agudo.
Eu tentei te ver várias vezes sem sucesso. Uma vez consegui te mandar uma carta te pedindo paciência, que quando chegasse à maior idade tudo se resolveria e poderíamos dar vazão ao nosso amor, indo embora dali.
Só recebi duas linhas, onde tu dizias que não dava mais para esperar. Tudo se encaminhava para um final infeliz por causa da sua depressão.
Fui a sua casa num momento de loucura e dali fui outra vez expulso.
Você me viu pela janela e me jogou um beijo e eu vi que você chorava. Com um cartaz que dizia: Tudo vai acabar hoje.
Saí dali correndo apavorado, Temendo por você e por mim.
No final daquela tarde, chegou a notícia, você havia dado um fim a tudo e aí as famílias choravam e com remorso bradavam que erraram ao proibir o nosso amor.
Mas já era tarde demais, para mim e para você o sonho de ventura transformara-se em um pesadelo macabro e só me recrimino de não ter tido coragem de te seguir , até hoje rogo aos céus que me levem depressa para onde possamos dar vazão ao nosso imaculado e puro amor, que o mundo não estava preparado para entender.

Sarmoni 13/09/2020.


Biografia:
Nascido em Petrópolis em 1955 ,curto escrever para passar para o papel o que me vai na alma .Para mim os personagens alguns reais outro criados são filhos que coloco no mundo.
Número de vezes que este texto foi lido: 75


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O SONHO ACABOU ALCENIR LATSCH
Poesias RUA AUSÊNCIA ALCENIR LATSCH
Poesias SÚPLICA ALCENIR LATSCH
Poesias ALCENIR LATSCH
Poesias VIAGEM PELO TEU CORPO ALCENIR LATSCH
Poesias MINHA MIGA ALCENIR LATSCH
Poesias TARDE DEMAIS ALCENIR LATSCH
Poesias O QUE É SOLIDÃO ALCENIR LATSCH
Poesias DESEJO DE VINGANÇA ALCENIR LATSCH
Poesias TUA AUSÊNCIA ALCENIR LATSCH

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 16.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69533 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55943 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 48487 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44678 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44321 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43940 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 43238 Visitas
viramundo vai a frança - 43182 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41941 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41575 Visitas

Páginas: Próxima Última