Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A escrita do poeta
Edilania

escrever não faz nenhum bem
retira das entranhas do escritor
sentimentos que se o papel sentisse
morreria uma vez também.

ser poeta é morrer varias e varias vezes
e por ser tao solitário
é condenado a reviver a cada termino de palavra

é um vicio de dano cada vez maior
se fechando para o mundo
vendo apenas o pior
a maldição da vida para aquele que é só

dores da alma
do corpo da vida
dores passadas
presentes dores sofridas

escrever é um suspiro longo
visão do fim e passado e
presente é a questão do poeta sofrer calado.


Este texto é administrado por: Libriana
Número de vezes que este texto foi lido: 194


Outros títulos do mesmo autor

Poesias IRA Edilania
Poesias Céu Traiçoeiro Edilania
Poesias caro amigo Edilania
Poesias o que falta ? Edilania
Poesias A escrita do poeta Edilania
Poesias mente bagunçada Edilania
Poesias caminho Edilania
Poesias tabuleiro Edilania
Poesias monstros Edilania
Poesias semente da verdade Edilania

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 15.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2017
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 182577 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 146697 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 146139 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128148 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67228 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 64085 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 58302 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 57557 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57287 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53376 Visitas

Páginas: Próxima Última