Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
o fim de uma espera
Edilania

me pego lembrando dela novamente
do seu beijo faminto
do abraço dormente
de suas vestes negras carregando a gente
o claro se tornou escuro
sentimentos se tornaram pedras
meus ombros que agora pesam
deixam a bela a minha espera.
a procurei,
a desejei,
queria senti-la
fechei meus olhos e a vi caminhando como o dia
ela me abraçou como mãe,
me beijou como amiga
e me levou como amante
a casca sofrida e agonizada ficou para tras
fria e imóvel é embalada a presente
o corpo para a terra úmida e eterna
lugar de toda gente.


Este texto é administrado por: Libriana
Número de vezes que este texto foi lido: 95


Outros títulos do mesmo autor

Poesias IRA Edilania
Poesias Céu Traiçoeiro Edilania
Poesias caro amigo Edilania
Poesias o que falta ? Edilania
Poesias A escrita do poeta Edilania
Poesias mente bagunçada Edilania
Poesias caminho Edilania
Poesias tabuleiro Edilania
Poesias monstros Edilania
Poesias semente da verdade Edilania

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 15.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 183199 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 152327 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 151736 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 128642 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 67655 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 66391 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 59820 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 59718 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 57849 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 53808 Visitas

Páginas: Próxima Última