Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Pãezinhos
A avó
Hélder dos Santos da Glória Duarte

Era eu menino de tenra idade...
menino como todos lindo!
De natural de criança santidade.
Por todos muito querido.

Em adultos não somos tão lindos!
Mas as crianças Senhor tu as amas!
Por ti são de beleza infindos...
Os meninos que nos homens tu chamas!

Este menino ia a casa da avó buscar,
bolinhos, que ela cozia no forno do pão,
para ele e seus irmãos, com tanto amar!

A boa senhora lembrava-se sempre,
dos netos, para quem fazia esta ação.
Era a avó Rosa que vive mais além do tempo!


Biografia:
Eu nasci em 1963 em Monchique e fui Pastor evangélico. Tenho o 12.ANO feito em 1984 curso de Humanísticos. Tenho o curso de formação de Pastores da Convenção das Assembleias de Deus em Portugal no Instituto Bíblico desta instituição. Morei em várias cidades do país. Começei a escrever há algum tempo. Mas não tenho nenhum livro publicado. TENHO A DOENÇA DE PARKINSON estou na unidade de Longa duração e Manutenção de Albufeira. Pois estou doente.
Número de vezes que este texto foi lido: 33808


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Salvador Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Todos Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Vivo Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Paulo a Corinto Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Sabedoria Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias O Eterno Rei Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Pecado Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Me Mataram Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Alvor Hélder dos Santos da Glória Duarte
Poesias Homofóbico Hélder dos Santos da Glória Duarte

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 124.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 40275 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 40253 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 40181 Visitas
LÍRIO - Alexsandre Soares de Lima 40134 Visitas
Seu cheiro de tangerina - Helio Valim 39912 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 39747 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 39744 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 39330 Visitas
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 39141 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 39062 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última