Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O SNIPER
BENEDITO JOSÉ CARDOSO



Daria sem dúvida nenhuma uma bela história policial, cheia de ações e um grande enredo de dar inveja a grandes cineastas. “Galo Branco”, por que não? O texto do filme!… a viagem corria tranquila, normalmente, como tantas pela via movimentada da Ponte Rio/Niterói que interliga a cidade de Niterói à cidade do Rio de Janeiro. Na penumbra do ambiente refrigerado, todos ali indefesos, acomodados em suas aconchegantes poltronas, ainda dormiam. Em dado momento, um alucinado, o predador, rendia o motorista do “galo branco” e seus 37 passageiros acuados, ovelhas, entregues à própria sorte. A partir daquele momento viveriam momentos de extremas expectativas, angustias…. Violências, torturas psicológicas,hostilidades praticadas pelo lobo mau ao qual não poderiam de forma alguma subestimar a sua reação. Reféns daquela vítima da sociedade, todos ali estáticos, viam-se por longas horas à repetição do 174, com o clarear do dia, naquele belo nascer do sol, na manhã de terça-feira, 20 de agosto de 2019, por longas horas de uma viagem interrompida. Lá fora as grandes mídias televisivas e todo um aparato policial que se formou naquele cenário espetacular ao ar livre à espera do momento certo para a cena final… Sobre a colina, à vista de uma grande platéia de expectadores, postado estava o grande cão pastor, o sniper, protetor das ovelhas, esperando cautelosamente, observando pacientemente na mira de seu eficiente e reluzente fuzil, alça e massa, na visada perfeita, o primeiro deslize daquele insano, para o ataque consciente e voraz, o desfecho final.


Biografia:
"As obras do artista só têm valor, quando consegue atingir a sensibilidade daqueles que entendem"
Número de vezes que este texto foi lido: 33879


Outros títulos do mesmo autor

Poesias NAS MANHÃS BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias A LIÇÃO DE VIDA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias mundiar BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias MAR DA VIDA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias A VOLTA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias O CORDEL DA INVERSÃO BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias AR DO MAL BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias O FINAL DA LINHA BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias BENEDITO JOSÉ CARDOSO
Poesias RECEITUARIO BENEDITO JOSÉ CARDOSO

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 138.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 53711 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 45261 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 44214 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 42407 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 41774 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 41615 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 41580 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 41366 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 41224 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 41120 Visitas

Páginas: Próxima Última