Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Mormente
Gladyston costa

Mormente

Amor
entorpece a mente.
O corpo treme,
seca a boca.

A razão perdida
mente
ao cegar a vista.
Os lábios perdidos
confessam.

Resiste à paixão,
a razão.

Mas em
amor sem esmeros,
mormente !
O coração assume.

Lateja o corpo,
o sangue jorra.
A caverna enche,
esvai a mente

E se de tudo
resta o suspiro,
não há dor,
Só o amor.

Gladyston Costa


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 33817


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Pão de Ló Gladyston costa
Contos Esporádica companhia Gladyston costa
Poesias Indolente sedutor Gladyston costa
Crônicas Asas sobre sampa Gladyston costa
Poesias Abraço Gladyston costa
Poesias Água doce Gladyston costa
Crônicas Na borda da banheira Gladyston costa
Poesias Ladeira da misericórdia Gladyston costa
Crônicas Principia a primavera Gladyston costa
Crônicas Divagações sobre um poema Gladyston costa

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 48.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 75414 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 61482 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50034 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 49814 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49333 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 48957 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48757 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48592 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48558 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48054 Visitas

Páginas: Próxima Última